quarta-feira, setembro 24

Para manter a casa arrumadinha (logo eu que não gosto mesmo nada de arrumações) excluí alguns dos links já bolorentos que por aqui andavam... não é que só visite os que aqui agora reorganizei mas, sem saber bem porquê, é a estes que bato à porta depois das ausências, é neles que me sinto mais familiarizada, ou identificada. Com o tempo hei-de repensar e reorganizar estas "pontes"!
Ontem fui ver " O segredo do couz couz", gostei... mas gostava muito mais se tivesse ido sózinha... arrastei três companhias muito desadequadas, 16+16, podres de sono e de fastio, fartam-se de gozar comigo quando digo que este é que vai ser mesmo bom, no Al Gore só faltou deitarem-se no chão a ressonar,... a terceira companhia... um homem de acção, muito mais virado para fazer aparecer coisas com as suas mãos do que com o seu coração e que não perde 5 minutos para mergulhar nas emoções e ondulações que animam e desanimam as relações e o mundo interior de cada um!
Para compôr, a sessão, promovida pelo Cineclube a quem estou muito agradecida, foi pontuada por um excesso de decibéis quase insuportável, tudo o que se disse naquele ecran foi-nos gritado aos ouvidos até à surdez...
Tirando isso achei o filme muito a meu gosto, cheio de silêncios e olhares muito humanos, fez-me sentir em família! Tudo se passa como se não estivessemos no papel de observador... não há espectáculo... é a própria vida que se desenrola no ecran...
Talvez eu goste mais de vida do que de espectáculo e por isso gosto de cinema pouco apreciado, parado, daquele que dá sono e nos esquecemos de nós e de tudo o que não seja aquela luz em movimento... a vida de algo que está para lá do escuro e do silêncio da sala onde nos encontramos, muito real, muito sentida, sem lantejoulas nem froufrous, sem explosões nem perseguições!

6 comentários:

claras manhãs disse...

Não conheço o filme, mas parece-me que é daqueles que hei-de gostar.
Vou procurar

beijinho, Inês

Lúcio Ferro disse...

Para quem gosta do cinema parado, estou em crer que vive num paradoxo: apaga blogues que não actualizam...

Kiss

inespimentel disse...

Acho que sim Minuxa, vais gostar!

inespimentel disse...

Está equivocado Lúcio, eu não apago os que não se actualizam, até porque tb eu faço interregnos prolongados.
Eu eliminei os que não visitava, e que por desleixe ainda estavam nos meus favoritos!
Uma questão de mudança de preferências... e vou concerteza fazê-lo regularmente

xistosa - (josé torres) disse...

Não conheço o filme.
também há anos que não vou ao cinema.
O meu inglês perdi-o ao longo do tempo.
Tenho muitos para ver, mas só ver os bonecos ... já não acompanho a fanfarra da linguagem.

Gostei da apresentação da "ementa".
É fácil fazer isso?
Olhe, nem diga nada, que não estou para aprender mais.
Já tenho a cabeça cheia de problemas ... é que o Windows, passou do pack 2 para o 3 e o Mozilla Firefox, do 2 para o 3.
Perdi uma data de coisas que sei que as tenho, mas não encontro.
O pior eram os favoritos, mas já mos recuperaram.

inespimentel disse...

Pois é Xistosa nós evoluimos nesta coisa da informática mas a máquina, uma vez por outra, saca-nos o tapete e aí vamos nós sem sabermos muito bem o que fazer... depois umas vezes vão-se os favoritos, outras os comentários que acabamos de redigir com cuidado... enfim, o balanço vai sendo positivo!

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...