quinta-feira, outubro 15

FACTOS E ACTOS

Quando já se alimentaram todas as ilusões e se aguentaram muitas desilusões,
quando se ambicionou mais do que se alcançou e isso não nos fez sentir mais pobres,
quando se pediu à vida mais do que nos era devido, e se aceitou o muito e o pouco que nos coube
quando se voou bem alto e se sobreviveu à queda,
quando se esperou tudo dos outros e se soube, por fim, dar generosamente sem nada pedir em troca
quando se conseguiu fazer festas sem champagne... nem convidados... só porque estar vivo é bom
quando se viu nos filhos, nossos e dos outros, o melhor panorama que deles se pode oferecer
quando se soube calar palavras e queixas, trocar guerras por paz , acalmar medos, atenuar diferenças... e, e, e, ...outro tanto
quando se conseguiram encurtar as distâncias e oferecer e aceitar ombros amigos
quando se encontrou a palavra certa que completou um puzzle
quando se disse com o olhar o que nos roubou a fala
quando se cantou em silêncio
se chorou de alegria
se sonhou acordado
se parou para pensar
se deixou de pedir
quando se aprendeu a receber, sem ficar em dívida
........................................................................................................................................
quando tudo isto e muito mais... então podemos no mínimo dizer que já cá andamos há uns anitos... e temos o dever, perante nós próprios, de ter aprendido algumas das lições de vida que se nos oferecem!
... e quando os "quandos", os "ses" e tudo o mais que nos pára ou empurra se desenrola à nossa volta, e não está ao meu alcance ser mais do que mera espectadora, exercito então a MÁGICA e ELÁSTICA capacidade de ACEITAR!
Entre factos e actos vamos obrando passo a passo, por vezes aceitando outras agindo
... e cá se vai indo...

5 comentários:

Vício disse...

já dizia o Sérgio Godinho "cá se vai andando, com a cabeça entre as orelhas"

Vício disse...

há pouco esqueci-me de dizer que gostava bastante de conseguir uma foto da aspertus mas nos meus anos todos de vida nunca vi nenhuma!
procurei fotos na net e apenas digo... FANTÁSTICA!!!

Siala ap Maeve disse...

Magnifico desabafo Inês!Revejo-me no que escreveste, não sei se pelas mesmas razões...mas sinto cada palavra. Entre a aceitação e a acção, vamos indo...até onde?
Bjos de Luz

Sam disse...

Enquanto hover estrada pra andar...
E sabes que dia é hoje? É SEXTA-FEIRA!! Bom fim de coiso!!!

xistosa - (josé torres) disse...

"Quando já se alimentaram todas as ilusões e se aguentaram muitas desilusões, quando se ambicionou mais do que se alcançou e isso não nos fez sentir mais pobres, quando ..." olhamos para o "deve e haver" da vivência e verificamos sentir uma manifestação de exuberância vivida, então temos a certeza de ser bom viver e que vivemos.
(Sendo este viver, um sentir, apreciar, existir,conviver e prolongar a existência.

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...