sexta-feira, abril 11

Estou bem

O tempo de que disponho para aqui passar, tem sido usado a visitar os "vizinhos"; quem me visita não me leve a mal,nem tire ilações precipitadas... estou bem, até muito bem; a tensão arterial diz-me que os desleixes alimentares, nestas fases da vida, não passam despercebidos... também eu agora a engrossar a lista dos insonços, sem gorduras, nem café, sem chocolates ou bolos, aperitivos, presuntos e queijos, preguiças e sei lá eu o quê mais!
Tudo só para prevenir e não ir para as soluções químicas... ainda mais eu que tenho um passado que me legou muita informação indispensável para encaixar as mudanças com garra e inteligência.
Estou contente e cheia de vontade de pôr em prática muito do que sei e guardei para esta altura da vida, em que os prazeres da mesa têm que ser substituidos pela racionalidade e o conhecimento que acumulamos, sobre esta matéria, no decorrer de outras dietas e outros petiscos.
Sem dramas, nem stresses, com vontade e alegria: adeus bife e chocolate, bem vindos seitan e tofu, agar agar e kombu, viva a lentilha e o shouyo, viva o malte em pasta, fora com a malta da pasta e atenção comida natural aí vou eu... cheguei e desta parece que não há volta a dar... vim para ficar! Será??? Alguma coisa sobrevive à minha inconstância???
PS quando quiz corrigir os erros o cursor, a cada letra que inseria, apagava outra, talvez de ter "justificado" o texto, não sei mas que me encanitou encanitou.
Bom fim de semana para todos nós, vós e eles.
PS algumas coisitas vão doer... só a manteiga.... e o chocolate... e uma torradinha bem barrada e um belo dum bifinho do lombo e os segredos dos secretos do porco preto grelhado e os ovos moles e o arrozinho de pato... bom, não vamos ser fundamentalistas, certo? Ele há dias, e momentos, em que vale tudo, não??? Ou quase tudo, com moderação e boa consciência, que as culpas também "diz que" fazem muito mal à saúde!!!

6 comentários:

xistosa disse...

Há muito que meço a tensão arterial regularmente ... comprei um aparelho, não de colocar no pulso, que podem ser muito baratos, mas só servem para medir as pulsações.
A pressão ou tensão arterial, têm aparelho próprio.
Comprei-o no tempo dos escudos e custou-me 16 contos numa farmácia.
Os de pulso, custava, 19.
Uma ou duas vezes por semana, eu e a cara metade, medimo-la e assentamos os valores.
A morte não me assusta,. Só não quero ficar numa cama, dependente de outrem.
Mas não me coibo de volta e meia estragar a paparoca de todos os dias.
Tenho que morrer, mas que morra cheio de doenças, não cheio de saúde.

Se tiver tempo, leia sobre o chocolate, mesmo na internete ... é um alimento muito completo e talvez vá encontrar coisas que nem sonhava.
Se for daquele negro de culinária, parto uma tablete em bocadinhos e estou uma noite na net.
(COMO HOJE, ainda há um bocado, mas faço-lhe o funeral ...)

Todos os dias, o meu pequeno almoço é uma chávena de chá, cheia de kefir, feito por mim.
Todos, sem excepção.
Só páro quando vou de férias ...

Bem, estou com problemas de ADSL, disseram-me, (certamente para me calar) que foi do mau tempo ... veremos.

AH! Veja lá se não morre da cura!!!!
(estou na brincadeira)

Luna disse...

ineeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeees

ah tanto tempo...

passa na no meu blog abandonado...
passas?

disse...

Oh Ines,vá lá, vais ver que até vai ser fácil a adaptação,esta coisa da intenções é lixada ;-) as melhoras e juizinho sim.

Bjinhos grandes cheios de "força de vontade" pra esta nova vegan á força.

Carla disse...

...bom é tudo uma questão de hábito, não é?
bom fim de semana

Anónimo disse...

Comer é obrigatório para poder viver.
Por outro lado, todos sabemos que a dieta provoca tristeza e depressão.
Logo, para para viver com prazer, devemos evitar as dietas.
Uma dieta só é aceitável por motivo de doença, que não é o teu caso.

Sugiro adoptar como regras:
Alimentação variada. Comer mais verduras e menos gorduras. Sem exageros nas quantidades.

Completar este 'menu' com algum exercício físico regular, nem que seja andar a pé 30 minutos.

Que mal poderá fazer um saboroso cafezinho por dia ou a companhia semanal de um chocolate?

Essas comidas chinesas de que falas não fazem parte da alimentação tradicional portuguesa (não são referidas em nenhum livro de cozinha).
E tem um perigo: Podes começar a ficar com a pele amarela e com os olhos oblíquos.

Aproveito esta oportunidade para te dar os parabéns pelo Migalhas.
É o Blog da moda e certamente um dos mais visitados cá da terra.

inespimentel disse...

Pois é Xistosa, a idade não perdoa, há que fazer boas opções quando se quer manter a qualidade de vida

Luna estás perdoada... ainda bem que voltaste, beijo para ti

Si obrigado pela força... acho que já estou adaptada... tu que na Guiné só comeste arroz sabes como são estas coisas, beijo

Carla é mesmo uma questão de encarar as situações com criatividade e positivismo, não?

Anónimo tudo o que comemos no fim é a nossa dieta... e afinal é como diz, mais verduras, menos gorduras e moderar os açucare4s, no fim todos sabemos, hoje em dia, o que devemos comer, é só não cair em tentação a toda a hra e escolher coisinhas boas que sabemos serem saudáveis
Beijos a todos

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...