sábado, setembro 8

Li algures, neste mundo mais do que virtual, que nas férias muitos bloguistas se comportavam na sua relação com os blogs que criaram de igual modo aos donos dos cães que partem soltos e despreocupados para férias deixando para trás os seus animais de estimação!
Foi exactamente essa descontraida mulher sem dores de consciência que fui encontrando dentro de mim ao longo destas semanas... como se não houvesse amanhã!
Mas o amanhã chegou e é muito saudável nesta "rentré" aqui reencontrar este espaço onde todas as palavras podem ser largadasà sua sorte, sem patrão nem censura.
Quando solto as ideias, espalhando as em forma de letras por este teclado fora, estou acima de tudo a abrir a "saison" do reencontro comigo mesma, estou a dar tempo e espaço para ouvir o que este silêncio dentro de mim esconde.
É reconfortante, de quando em vez, sentir o olhar de quem por aqui passa, o mimo da palavra deixada, um olá que eu vou encarar agora como um: ok miúda, podes voltar, estás perdoada!

2 comentários:

marta disse...

Tens de interpretar como

OK míuda, ainda bem que voltaste, porque saudades deixaste.


Beijinho Inês.

Anónimo disse...

Ora ainda bem k voltaste!!! Renovada!? assim me parece...palavras a fluirem à flor da pele.
bj... não nos deixes sem migalhas!!!
Guida

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...