segunda-feira, novembro 3

... e ninguém vai preso???

Li hoje, na hora do almoço, uma frase que se anichou dentro de mim num cantinho que parecia feito à medida para a receber:

... E NINGUÉM VAI PRESO???????

É que, com tanta falcatrua, denúncia, corrupção, tanta careca descoberta, alguns julgamentos, tantos nomes e moradas conhecidos de todos, como é ainda possível estes senhores ocuparem os cargos que ocupam, quando vai esta pouca vergonha acabar???
Vivem à grande e à francesa, são uns alarves a quem não basta principescas remunerações e rápidas reformas milionárias, tendo por isso nós ainda que ajudar a tapar os buracos que eles vão abrindo por onde quer que passem...
Todos os dias ficamos a saber que eles são mais do que as mães, não têm escrúpulos, nem vergonha, nunca estão saciados e pensam que não têm os dias contados... mas têm, digo eu, porque não há mal que sempre dure e tudo tem o seu limite...
Por isso insisto... aquela frase encaixou na perfeição, se é que tal coisa existe...
Pergunto-me estupefacta "... e ninguém vai preso???"
...é claro que não... quando está tudo em família, todos conhecem a podridão em que estão atolados, telhados de vidro em cima de todos eles, é uma bola de neve, uma máquina imparável, aparentemente indistrutível... gostava de ainda andar por cá, quando começarem a cair! Gostava de adivinhar quem e/ou como vai conseguir puxar-lhes o tapete! Gostava de os ver aprender a viver no mundo real, a dar passos cautelosos em direcção à crise em que nos afundaram, as pernas fraquinhas a entrarem no autocarro para levar os meninos à escola pública, o almoço na cantina, ao jantar o frango de aviário ou o porco bem baratinho, o fim de semana para pôr a roupa no estendal, dar uso à esfregona e fazer as continhas aos tostões que já não sobram e o mês que nunca mais acaba... e isto em liberdade, nada mau.
No pior a urgência do hospital público para a filha que vomitou toda a noite, ou o corredor do mesmo inferno para a mãe que caíu doente, ou a sogra que coitada deu-lhe um avc... de transportes públicos... diz que as ambulâncias não chegam a escutar os apelos de quem desespera por elas!
E a isto chamamos liberdade, e o comum dos portugas ainda consegue andar animado apesar dos pesares... pelo menos eu faço por isso... levam-nos tudo a que temos direito mas a boa disposição, essa, só dou a quem quero!!!
Mas não se preocupem... é que, aqui no burgo, ninguém vai preso... pelo menos não temos disso memória e a vidinha de contar os tostões está bem longe da vossa realidade, pelo menos até à data não tendes razão para sobressaltos!
Se não vos pesa a consciência aproveitem, durmam o sono dos puros, descansado e sereno, o dia de amanhã se verá... e se tivermos de colher os futos que semeámos cada um sabe, a que fruta vai ter direito!
P.S. e já agora... a frase estava no Courrier!

6 comentários:

claras manhãs disse...

Tens razão, mas não são só esses.
Já reparaste que a polícia também nunca apanha os assaltantes de bancos ou lojas?
os tipos saiem dos carros, fogem a pé, há testemunhas que sabem por onde foram, e a polícia procura no lado errado, e duas horas depois dizem que afinal os perderam.
Não parece de propósito?
safa!!!!

beijinho

direitinho disse...

Que importa a polícia prender se o tribunal solta. Os juizes são funcionarios publicos e tem de cumprir o que o ministro manda.
Voltando ao texto quero dar os parabens à Inês. Está fabuloso.
Todos sabemos isso e muito mais e passamos fome para que as coisas cheguem até ao fim do mês e ...já disse tudo.
Esqueceu-se de dizer ainda que quando são descobertos nas maroscas e nas burlas arranjam sempre respostas sabidas e falaciosas. Alguem será culpado por isso menos quem fez a asneira que por outra porta sai sacudindo a água do capote.
Boa noite. Mande mais recados.
O S. Pedro já anda de olho neles....Não escapam....

inespimentel disse...

Minuxa e quando apanham tb não serve de grande coisa, pois não?

inespimentel disse...

Obrigada direitinho, o emu ego agradece.
... e olhe nem têm que se aplicar muito a arranjar alibis e argumentos para os buracos que cavam... qualquer babuseira lhes serve é que o tacho, esse eles sabem que está bem seguro... naquele ou noutra instituição qualquer... e a gente paga-lhes! Ouvi nas "notícias" que talvez tenhamos que pagar indmionizações aos senhores do BNP... eu já acredito em tudo...

xistosa - (josé torres) disse...

Eu defendo a teoria da "Claras manhãs" e do "Direitinho" e defendo as nossas instituições que a "inespimentel", chama família".

"Il capo dei copi", parece uma série de não sei onde, mas que é rodada ao natural, com personagens reias e animalescas manifestações.
"o chefe dos chefes", é a camorra ou mafia portuguesa, uma "portugorra" ou "portuguia", que leva a polícia a marimbarem-se ...
Apanham-nos e mei hora depois, estão cá fora e ainda gozam os captores.

Sempre ouvi dizer: "Dai poderes a um oprimido e le tornar-se-á um déspota ou tirano".

Mas tem mesmo que ser um braço de ferro que se abata sobre A PODRE JUSTIÇA E OS SEUS AUTORES, MENTORES e EXECUTORES.

A corrupção alastrou a tudo e a todos os grandes, (os que são donos de tudo).
Veja-se a corrupção que houve e há em todos os governos, que são de bradar aos céus.
Como é que indivíduos que já não eram nada, legislaram fraudulentamente e continuam por aí a mandar bitaites ...
Não temos partidos isentos ...

Alguém conhece algum crime, dos sonantes que tenha sido passado pela espada da justiça.
E a Casa Pia, o apito, a Companhia das Lezírias, cujos terrenos são óptimos para o betão crescer ...

É a boa vontade do refilão do snr. MeneZes, que na vai construir moradias ... sendo a mais alta de 18, (DEZOITO) andares.

Quem vende a alma e a carne?

Mudei radicalmente o m/blog, porque tenho um litígio ... com um poderoso do PSD, que nos ROUBA e INFERNIZA, aqui no Porto.

Ele sabe e eu sei que teremos problemas pessoais, mas ele vinga-se com os tribunais ... eu resolvo, os problemas, cara a cara.
É por isso que estou reformado, um dia desabava o céu ...
Nunca me calei e falei sempre olhos nos olhos, para saberem o que queria e não inventarem nada ...
Portugal é uma grande democracia.
É necessário haver muitos que contribuam para aquela dúzia de proxenetas políticos.

O que sucedeu ao que fotocopiou documentos secretos, por conta do Zé e da Maria?
Ao que vendeu, ou deu o Parque Mayer?
Aos que perseguem os professores.

Não tenho mais palavras.
INTÉ!!!

inespimentel disse...

Xistosa enquanto não tivermos alternativa vamos denunciando, refilando, inconformados!
Eu não vou deixar de acreditar que tudo está em transformação, e amanhã o comum dos portugas vai estar esclarecido e, a careca dos que mais podem, vai ficar definitivamente descoberta...e aí pode ser que venha uma alternativa!

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...