quinta-feira, fevereiro 12

... "QUE FORÇA É ESSA QUE TRAZES CONTIGO????"

QUE FORÇA É ESSA AMIGO, QUE SÓ TE FAZ ACREDITAR, QUE SÓ TE FAZ ACREDITAR, QUE FORÇA É ESSA AMIGO..........................
Na letra do José Afonso a força era braçal e fazia obedecer... neste caso é uma força guadada no peito, que faz acreditar!
O trajecto era Jardim da Estrela - Príncipe Real
O diálogo:
91 anos/ a mãe:
- Hoje fui passar a tarde com ela... fui a pé...
52 anos/ a filha:
- ... A pé????? Mas ainda são 20 0u 30 minutos a andar...
91 anos/ a mãe:
- Oh filha, para lá é sempre a descer!!!
Conclusão: Quando a atitude é positiva, grande a força de vontade, franca a generosidade, os caminhos fazem-se mais perto, as descidas mais suaves e as subidas menos íngremes...
Que melhor herança poderia eu pedir do que um exemplo de vida que me dignifica o orgulho que sinto e me faz sentir que não tenho o direito de criticar ninguém pois muito do que tenho de bom não devo a mim mérito algum... tive na vida a sorte, o privilégio de ter uma pequena grande mãe!
Metro e meio de mulher... um UNIVERSO de beleza humana!
... sem dúvida... eu tenho uma heroína na minha vida!

11 comentários:

Sam disse...

é natural....Ela é maior do que a Vida! é a tua Mãe!
parabéns querida e doce amiga!

Anónimo disse...

Força serena a da Senhora tua mãe. Calma, segurança... uma paciência sábia de quem não desperdiça palavras e transmite a constância de quem convive bem consigo mesma... tiveste a sorte, sim, de ter uma mãe LINDA! Um grande beijo por isso mesmo. g.

claras manhãs disse...

Tal e qual Anónimo, sorte! era o que eu estava a pensar e depois lembrei-me que dizem, que esdcolhemos os pais....
Sam, não chega ser mãe, para ser maior do que a vida.
diz, quem sabe
Inês! escolheste bem, ou não precisavas de passar por pior.

beijinho, minha querida

Sam disse...

" que força é essa que te poe de bem com todos e de mal contigo" adoro esta letra!!!

Beijo doce em Ti amiga e bom fim de coiso !

inespimentel disse...

Oh porra que a letra não é do Zeca mas sim do Gódinho... estão práqui a dizer ao meu lado que esta é uma gafe muito grave e diz ainda por cima que gaffe tem de ser com 2 ff... mesmo assim para mim isso são migalhas!
sou eu, a dona da chave aqui do sítio

xistosa - (josé torres) disse...

Hoje ando a perseguir ...
É verdade, nós escolhemos os progenitores e uma mãe assim só mesmo bem escolhida.
A minha, morreu, quanto tinha 4 anos.
Depois tive uma segunda que era irmã da primeira.
Era tia e morreu tia.
Talvez por isso e por sermos, (a minha irmã, com 2 anos) pequenos, nem nos apercebemos que a vida era diferente.
Não terá sido bem assim ... porque lembro-me dela e de tal maneira que o meu pai, que faleceu há dez anos nem queria acreditar nas recordações que lhe "recordei".
Até dum vestido e dos pormenores me lembro ...
Com longevidade foi a minha sogra, para ser franco, parece-me que faleceu com 93 anos.
Bebia quase um litro de café por dia ... era um vício que a manteve lúcida e vivaz, até um dia ...
Sempre andou e fazia força para ir ás compras ...
Penso que a vida é mais frágil, ainda que haja melhores suportes.
Que a heroína que a guiou se mantenha firme!

Bartolomeu disse...

Sem dúvida Inês, uma heroína, feita certamente de muita tenacidade nas subidas e muita esperança nas descidas.
É dessa massa que são feitos... foi dessa massa que nos fizeram.
Vamos ver o que é que dá.
;))

inespimentel disse...

Sam a Minuxa tem razão, quem me dera ter metade da estabilidade interior que ela me transmitiu para a passar aos meus...não basta ser mãe, não...
Será minuxa?... será que eu entendi a lição, será que não desmereço a mãe que tenho?

inespimentel disse...

Tu sabes do que falo Graça, quando a coneceste tinha ela a idade que eu tenho hoje... sabias?mais coisa menos coisa... já lá vão 30 e tal anos... é linda não é , a minha mãezinha!
PS a tua tb é uma grande senhora, nós sabemos, uma lutadora!

inespimentel disse...

José eu lembro-me sempre, dum post antigo, que você ficou sem mãe demasiado cedo. Essas recordações devem-lhe ter feito companhia nos momentos de maior saudade...

inespimentel disse...

Tão verdade Bartolomeu... é mesmo tudo o que nos faz falta na vida... tenacidade nas subidas e esperança nas descidas...
... e há vazios de tenacidade e de esperança que me deixam de braços caídos e olhar vago...

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...