quinta-feira, março 26

... é bom , eu gosto!

Música?... sim, decididamente música é bom, eu amo... sem ela não sei como seria!... bom..., seria talvez igualmente bom, ...lugar para outros sons, outras harmonias, o respirar do planeta, o ritmo do meu coração, o suave silêncio da brisa, outros ritmos!
As cores, liiiindooo, gosto das cores, tantas, tantas, das que se extremam até às suaves, suaves... até à ausência delas, bonito, uma alegria de ver e de viver!
Ai, e o mar??, tão imeeeennnsso, tão deeensssooo, tão inteeennnssso, arrebatador, irrepetível, inexplicável, só visto! Um regalo para a vista, para o sentir!
E os alimentos??, os seus sabores, que deleite, que prazer, para o paladar, para a vista, que paleta infinita, tanto diverte, como espevita, se deixa saudade, se cria expectativa, se surpreende, é sempre um gosto, uma aventura,... eu gosto!!!
E ler???, querem maior prazer?... não que não haja, mas este, é sem dúvida um de entre os grandes prazeres! A pressa com que sacudimos outros compromissos, ou obrigações, o cuidado com que escolhemos o local para o tão desejado encontro, a calma com que acolhemos o momento em que abrimos o livro, suspensos no prazer anunciado, procuramos o fio da meada que muito gostosamente iremos desenrolar... efectivamente um gozo único, um encontro desejado que tanto nos dá... a mim dá, e eu não dispenso!
E agora vou ficar por aqui, não que se tenham esgotado os meus amores... são às mãos cheias, sempre renovados, rejuvenescidos a cada vez, estes e outros que agora se calam dentro de mim, por querer apenas dar alguns exemplos e não estar extensivamente a falar da vida boa que se nos oferece por aí!
Caramba e com tanta coisinha boa, tanto mundo para palmilhar, descobertas mil, aventuras sem fim... e nada!!! só oiço falar de lixo, merdas e cácas que não interessam nem ao mais ranhoso dos seres ranhosos... ele é crises e futebóis, crimes e castigos, e pronto eu não quero saber... gosto de muito, e demais, para olhar apenas o lado escuro que nos atrái como a luz atrái as traças!
Eu não sou traça, sou mulher e adoro viver, sem desperdícios!
Por isso faço notícia de tudo o que "bem quero"!
Daqui não sáio sem referir o gozo imenso das longas e esclarecedoras conversas de mim com mim, ou seja o pensar... que bom que é, uma boa conversa, no momento certo, os pontos nos iiiiissss, apelar ao bom senso, dar mimo, mergulhar bem fundo, sacudir poeiras, lembrar os bons momentos, entender e ultrapassar os maus, crescer, crescer, sempre sempre... é bom eu gosto!
Fiquem bem que eu vou andar por aí uns dias... mas volto... até lá...

4 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Não sei se o comentário saiu, mas cheira-me a esturro.
Quando cliquei em publicar o comentário, apareceu-me isto:

"O Blogger não está disponível

O Blogger não está disponível neste momento. Pedimos desculpa por esta interrupção.

Consulte o Estado do Blogger para obter detalhes adicionais."

(Fiz copy e past)

Eu que passo as passas do Algarve para entrar nos blogs, nem acredito.
Espero ter sorte.

Logo a seguir, para ter a certeza deixei outro comentário.

Cliquei e apareceu isto:

Lamentamos, não foi possível concluir o seu pedido.
Quando comunicar este erro ao Apoio Técnico ou ao Grupo de Ajuda do Blogger:
• Descreva o que estava a fazer quando ocorreu este erro.
• Forneça o seguinte código de erro e informação adicional.
bX-c7abd7
Informações adicionais
blogID: 832807698990227041
host: www.blogger.com
postID: 2913271200201476117
uri: /comment.do
Esta informação irá ajudar-nos a localizar e resolver o seu problema específico! Pedimos desculpa pelo incómodo causado.
Procurar ajuda
Veja se mais alguém tem o mesmo problema: Pesquisar o Grupo de ajuda do Blogger por bX-c7abd7
Se não obtiver resultados para essa pesquisa, pode começar um novo tópico. Certifique-se de que menciona bX-c7abd7 na sua mensagem.

Já viu a minha sorte?

Sam disse...

ás vezes tenho inveja dos autistas.
beijo doce!

xistosa - (josé torres) disse...

Espero que tenha sacudido o pó e as traças.
Por falar em traças, aquelas malditas borboletas esfomeadas que nos comem as roupas de lã e logo à frente em local bem visível.
Quer dizer, comiam.
Porque o cedro afugenta-as.
Sim, aqueles pedaços de madeira que se vendem para colocar em gavetas, são de cedro ou outra qualquer resinosa, que não o pinheiro.
Um ramo de cedro bem seco e cortado em rodelas, tipo chouriço, não salpicão do lombo ... se estiver bem seca e protegida a resina, dentro dum roupeiro, nem no quarto entram ...
Isto é mesmo a sério, alguma vez teria que o fazer.
Sobre o mundo ... sim, gosto de música, não me pergunte qual.
Gosto da que gosto e não sou muito exigente desde que me soe bem .
Suporto uma sinfonia, ou aquelas batidas metálicas ... tudo tem um ritmo e uma hora para ouvir.
O meu gravador foi-se para Inglaterra ... não tenho habilidade para colocar as músicas que me deixou em CDs.
Tenho todas, por exemplo do Rodrigo Leão e já as consegui passar para o computador.
Estão no ambiente de trabalho à espera ... que aprenda a lidar com elas.
Também gosto de cores, mas o castanho, (chocolate) com pepitas do mesmo é o meu favorito.
Mas se for o 3 chocolates do Auchan, não me faço rogado e avanço.

Mas marcham todos ... e preferencialmente muito!

Tenho as cores e os paladares.
Depois temos quase a mesma coisa, mas os sabores são mais requintados.
Talvez até goste daqueles alemães que se comem sem se adr por eles.
Que paladares saborosos.
Então pegamos num livro, um bom e grande livro que nos arreie em lençóis macios depois de termos saciada a gula.
É a altura de sonhar que se vai ler o livro ...
Mas descansadamente e não enfartado.

Não falo comigo porque há muito que me zanguei com ele.
Coisas de homens ...

Espero que tenha uns bons dias de descanso ... até já.

Siala ap Maeve disse...

Assino por baixo ;)
Cada vez que um noticiário me apanha, fico sempre angustiada, ou revoltada, ou enojada...por isso raramente me apanham.
Como tu, também a minha vida é repleta de amores, de paixões, de coisas que quero fazer, aprender, conhecer, de coisas que já faço, aprendi e conheço e que me preenchem de paz e alegria.
Haverá algo melhor que um sorriso de uma criança, um "mamã, estás linda!", um abraçod e um amigo, um beijo de um amante, um bom livro, um passeio, uma paizagem deslumbrante, o verde da árvore em frente á janela que renasce após o Inverno...a relva acabada de cortar, o cheiro da terra molhada, a cigarra que canta numa noite mais abafada, a azáfama das formigas sempre a trabalharem...uma paipola que teima em abrir as petalas como que gritando, estou viva!...e fico por aqui, se não nunca mais me calo!
beijo enorme para ti
Bom fim de semana!

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...