sexta-feira, outubro 17

Cirque du Soleil
... finalmente depois de perseguir um aluno um par de meses consegui, o DVD do espectáculo que deram em Lisboa antes do Verão... adorava ter ido mas não deu!
A capacidade de criar o belo, usando o corpo humano em todo o seu potencial, a superação em esforço mostrando ao mundo apenas o lado estético, aparentar leveza e facilidade quando finalmente, depois duma vida de esforço e sacrifício, conseguem atingir o altíssimo patamar em que estão, onde tudo o que têm para mostrar é a perfeição, a beleza emocionante e comovente do que se pode criar com o corpo, os corpos, a música, os sons, as cores, a harmonia, enfim um espectáculo sem par...
Ando com saudades de rever o Lord of the Dance, é também arrepiante, inigualável, eleva-nos, a fasquia do humano muito terráqueo...
...quando voam parecem ter asas, quando se contorcem parecem feitos de borracha, quando se enlaçam parecem fundir-se, quando saltam parecem ter molas dentro de si, quando se atiram no ar parecem não ter medo, quando se esforçam nem parecem cansados, quando os vemos esquecemo-nos até de que estão a TRABALHAR, e o que nos "oferecem" é o arduo resultado dessa força e dessa tenacidade que devem ter para atingirem a quase perfeição... eu diria mesmo, a perfeição possível.
É bom pertencer à mesma espécie animal... fica-se assim orgulhoso, e, ao contrário de outras ocasiões, enchemos a boca com um NÓS os seres humanos, conseguimos mesmo ser sublimes, alguns conseguem, quando dão a sua vida por essa causa!

8 comentários:

inespimentel disse...

ia a passar e reli as minhas palavras... palavra que gostei!
... já agora que me desculpem a falta de humildade.
Bom fim de semana para todos, TODOS mesmo

ines

xistosa - (josé torres) disse...

Nem sei se vou comentar.
Tem um post que até nos contorce a coluna.

E este contorcionismo, não é de servidão humana , nem de servilismo ...

Tenho a impressão que vou desaparecer por uns tempos ...
Já tenho posts agendados, salvo erro até quarta-feira.
Mas quero acalmar-me e tentar saber o que é que dá dor de cabeça cíclica.

Um bom fim de semana.

claras manhãs disse...

Também gostei muito deste texto!
Além de verdades, está escrito com uma poesia e um enlevo pela raça humana, que a mim sempre me comove.

Quando queremos....
porque será que não queremos todos?!

beijinho

o que me vier à real gana disse...

Mais um blog k vale a pena!

Parabéns!

Chinha disse...

Por acaso tive a oportunidade de ver uma parte do espectáculo na Tv e achei fabuloso.

Há coisas fantásticas que quase tocam o impossivel

Obrigada pela visita

bjinho

inespimentel disse...

José, livre-se dessa dor de cabeça quanto antes, fazem falta as suas regulares e interessantes visitas!
Rápidas melhoras

inespimentel disse...

Minuxa, havemos de querer todos,um dia muito mais tarde... eu trabalho para isso, tento "nos e com" os meus actos, sensibilizar os "adultos em projecto", e os já adultos, para relações mais solidárias, mais exigentes como o que se dá do que com o que se recebe, mais amorosas e atentas enfim mais humanas!

inespimentel disse...

Chinha, o ser humano tem um potencial que não para de nos surpreender... bom é olhar para as coisas belas, que as outras sujam-nos o olhar!

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...