quarta-feira, outubro 22

maiúsculas e MINÚSCULAS... sabe-se lá porquê

Está decidido!
NÃO QUERO PERDER MAIS TEMPO COM DRAMAS ANTECIPADOS, TRISTEZAS INCONSISTENTES, HUMORES CARREGADOS, E TUDO MAIS QUE ME TIRE A ALEGRIA, A VONTADE E O POSITIVISMO!
QUANDO TRAZEMOS UMA NUVEM NEGRA EM CIMA DA CABEÇA DE UM CAROÇO FAZEMOS UM CANCRO, DE UM SILÊNCIO PARIMOS INCOMPATIBILIDADES, DE UMA DISCUSSÃO UM DIVÓRCIO, DO CANSAÇO NASCE O DESÂNIMO, E ASSIM VAMOS ANTECIPANDO DESGRAÇAS A CADA PASSO DO CAMINHO...
UM CAROÇO É UM QUISTOZINHO SEBÁCEO SEM CONSEQUÊNCIAS, O SILÊNCIO DO OUTRO LEMBRA-NOS QUE SE MUITO NOS CONHECEMOS AINDA MAIS NOS DESCONHECEMOS E POR ISSO NADA É GARANTIDO NEM ADQUIRIDO, DAS DISCUSSÕES PODE NASCER UMA VERDADE MAIS REALISTA UM ESPAÇO COMUM MAIS ALARGADO, O CANSAÇO NO FIM DO DIA DEVE SER MIMADO COM UM MOMENTO DE PRAZER AINDA QUE CURTO ( A MÚSICA QUE NOS CATIVA, UM CAPÍTULO DO LIVRO QUE NOS ACOMPANHA, UM ENCONTRO OU UMA CONVERSA DE AMIGOS, UM PRESENTE QUE NOS RECUPERE PARA O RESTO DO DIA O ÂNIMO SEM O QUAL TODAS AS TAREFAS SÃO PENOSAS)... ASSIM MAIS LEVES, ENCARANDO SEM MEDOS E PRESSUPOSTOS NEGROS CADA MOMENTO, RELEGANDO O SOFRIMENTO E OS DRAMAS PARA A IRREDUTÍVEL INEVITABILIDADE!
ONTEM RECEBI UMAS PALAVRAS ATRIBUÍDAS A BUDA QUE ME INDICARAM MAIS E MAIS UMA VEZ O NORTE, TUDO O QUE É ROTINA E SOBREVIVÊNCI NOS AFASTA DA ESSÊNCIA, DO SENTIDO MAIS ELEVADO DAS NOSSAS VIDAS!
ASSIM REZAVA: "programa para hoje: - EXPIRAR, INSPIRAR, EXPIRAR!"
PARECE TÃO SIMPLES, respirar, parece ter uma continuidade imparável, até ao infinito, expirar, inspirar, expirar... sempre até mais não, um pulsar universal que tudo abarca, respirar... inspirar, expirar, inspirar...
Estar viva, e por isso aproveitar cada inspiração e expiração num encadear confortável, como se assim nos embalasse a vida até à eternidade, ao som e ao ritmo que nos embala desde que num acto de amor fomos concebidos! (sim, eu sei que nem sempre é o acto de amor que dá início ao milagre da vida, mas hoje tenho luz dentro de mim e vou lembrar que as excepções à regra não são para aqui chamadas e a regra, para mim é o AMOR)!
QUANDO CHEGA A HORA DE ENCARAR AS TAREFAS DOMÉSTICAS, OLHO, AUTISTA, PARA OS TACHOS E AS PANELAS, NADA DAQUILO APARECE DESCODIFICADO DENTRO DE MIM... ESTRANHO, NÃO ENTENDO AQUELA LINGUAGEM, NÃO LHES ATRIBUO SIGNIFICADO OU IMPORTÂNCIA E SINTO-ME DISTANTE, PERDIDA DENTRO DE MIM! POR VEZES CHEGA MESMO A VONTADE DE BATER A PORTA E VIRAR AS COSTAS; DEPOIS COMEÇO A PENSAR QUE BOM QUE É TER UM TECTO, UMA COZINHA, COM COISAS LÁ DENTRO... POSSO TRANSFORMÁ-LAS, SINTO-ME BEM POR COM NABOS, CEBOLAS E ABÓBORAS ( ninguém me tira que as abóboras foram buscá-las a um conto infantil, uma qualquer história fantástica, e as trouxeram para o lado de cá, se foi por engano ou propositado já não sei dizer), ESPINAFRES E OUTRAS COISAS, NUM FANTÁSTICO ACTO DE DEDICAÇÃO( será excessivo chamar-lhe amor?), TRANSFORMAR todos estes ou outros ALIMENTOS INTRAGÁVEIS PARA OS MEUS COMENSAIS, NUMA CREMOSA E IRRESISTÍVEL SOPA, ou com outros ingredientes criar outros casamentos tudo num acto de concentração criativa que me transcende ( há quem diga que com uma posta de bacalhau faço jantar para várias famílias, pudera, que remédio)!
E É MESMO O QUE ESTE POST É... UMA SALADA, UMA SOPA, UMA COISA MISTURADA COM UM CRITÉRIO CAÓTICO E ANÁRQUICO, MAS FEITA AO RITMO DO MEU PLANO PARA HOJE, AMBICIOSO MAS POSSÍVEL:
inpirar... expirar... inspirar... expirar... inspirar... expirar... inspirar... expirar... inspirar... expirar... inspirar... expirar........................................ ...................................... .......................... ............
......................................................................................................................................
.....................................................................................................................................
......................................................................................................................................

8 comentários:

Anónimo disse...

EH LÁ ! Chegaste ao yoga ? É por aí o caminho, sim, sim ... e até há pausa entre inspiração e expiração - um dos segredos para saír do corpo ou do plano físico ... bom "pranayama"!!!

Om Shanti

g.

Fa menor disse...

E que boa inspiração! :)

Gostei de te ler. Reanimou-me!

Um grande beijinho

Anónimo disse...

Engraçada a tua escrita...o teu optimismo é transbordante. Sou testemunha dos teus acto de amor na cozinha com resultados fantásticos!!!
Respira e VIVE! bj
Guida

claras manhãs disse...

Adoro o teu blog
exactamente por ser ao ritmo dos teus humores, generosos, zangados, esperançosos, reflexivos, lentos ou rápidos conforme a ocasião.

Ah! já me esquecia, ontem, terça-feira entrguei-te à revelia um Prémio
giro no seu sentido, chato que se farta nos links.
Se não te apetecer não faças os links , mas vai lá levantá-lo

beijinho

inespimentel disse...

om shanti... que não sei o que é... mas será bom, estou certa!

inespimentel disse...

Olá Fá Menor... inspiração é sempre coisa boa não é?
Também tu no teu blogue escreves belos textos muito românticos e puros! Parabéns!

inespimentel disse...

Oh, Guida, filha, isto é tudo show off... no fundo do fundo cadê o optimismo????????????
jinho

inespimentel disse...

Minuxa, se tivesse que definir a minha escrita ou os meus escritos não saberia fazê-lo tão bem como tu... é que deste os tópicos perfeitos... sintonia!

o que me faz feliz

o que me faz feliz
o meu mundo ao contrário

O meu Farol

O meu Farol

A bela foto

A bela foto
o descanço dos meus olhos

A minha cama na relva

A minha cama na relva

O meu Algarve

O meu Algarve

...enquanto uns trabalham...

...enquanto uns trabalham...